Internet fixa para residência: saiba como escolher a melhor para ter em sua casa


Ter internet em casa é a necessidade de muitas pessoas no país. Seja para trabalho, estudo, pesquisas, para se relacionar, conversar com amigos, entreter-se, enfim, são milhares as possibilidades que a rede mundial de computadores traz para as pessoas de todo o planeta. Por isso, internet fixa para residência é cada vez mais comum no Brasil e no mundo.



Nos tópicos a seguir você vai entender o que deve analisar antes de contratar um pacote de internet fixa para residência, além de aprender a escolher o melhor para você e sua família. Confira!

internet fixa

O que analisar na internet fixa para residência

Você deve começar a sua análise por dois pontos bem específicos que vão te ajudar a definir qual velocidade você precisa contratar.

É bom deixar claro que velocidade é intimamente ligada ao tamanho do site, do jogo, do programa que você usa quando está online. Ou seja, não é porque você contratou tal velocidade que ela vai funcionar da mesma forma em qualquer utilidade da internet. Se for um site simples, vai abrir em uma velocidade bem mais rápida do que um jogo com gráfico de primeira qualidade.

Por isso, a velocidade é o único elemento que precisa ser analisado antes de fechar um contrato com uma operadora de internet banda larga.

A primeira forma de você analisar a velocidade correta é vendo quantas pessoas vão usar a rede mundial de computadores. Se forem duas, a velocidade não precisa ser muito alta, mas se for, 5, 6 pessoas, aí é preciso contratar algo mais veloz.

Além disso, você também tem que analisar o que as pessoas vão fazer na internet. Se for só usar sites normais e redes sociais, uma velocidade pequena já dá conta do recado. Agora, se for usar programas pesados, games, streaming, etc, aí é preciso ter uma velocidade bem mais avançada para que a sua internet aguente o tamanho desses softwares.

A partir dessas duas análises de número de pessoas e de o que vai ser usado na internet, você consegue definir um valor para a velocidade ideal para a sua casa.

Se tiver dificuldade em fazer isso, os próprios vendedores podem indicar a partir das informações que você der a eles. Faça essa pesquisa com mais de um, é claro, e de operadoras diferentes. Assim você vai ter uma média que vai corresponder mais com a realidade do que é realmente necessário você ter em casa.

Como escolher a operadora

Aí, com o valor da velocidade em mãos, super definido, basta você procurar pela operadora que possui o menor preço. Elimine aquelas que não são confiáveis, que têm muitas críticas e pesquise nas que sobrarem.

A que estiver com o preço mais em conta na velocidade que você deseja ter é a que você deve contratar. Simples assim, sem muito segredo.

Caso ainda tenha restado alguma dúvida ou tenha uma sugestão de dica sobre internet fixa para residência, deixe o seu comentário aqui embaixo!